Florais de Bach

 

 

* Autorizado pelo The Bach Centre.

 

Wild Rose

 


Wild Rose (Rosa canina) apresenta flores brancas, cor de rosa escura ou pálida. Ë normalmente encontrada nas orlas dos matos, sebes e em vertentes pedregosas.
As pessoas que necessitam de Wild Rose não apresentam entusiasmo ou ambição na vida. São apáticas e resignadas diante de todos os fatos aceitando pacificamente tudo o que acontece.
O floral Wild Rose vai auxiliar a pessoa a sentir entusiasmo e interesse pela vida tornando-a mais participativa diante dos fatos.
O artigo do próximo mês será sobre “O uso dos Florais de Bach com os animais”. Não percam!

Valquiria Rita Geraldini
Terapeuta Floral
Autora do livro: Um convite à harmonia: como os Florais de Bach contribuem para o despertar do equilíbrio e da paz interior”
www.floraisesaude.hpg.ig.com.br
floraisesaude@ig.com.br

 

 

                                                                         

 

 

 

 

 

 


Texto do mês de março
Honeysuckle (Lonicera caprifolium) é uma trepadeira encontrada em regiões arborizadas que floresce de junho a agosto.
Sua indicação é para aqueles que vivem no passado, sentindo saudades ou nostalgia.
Honeysuckle vai trazer a habilidade de viver no presente não sentindo o passado como força dominadora dando o entendimento das vivências passadas.
O texto do próximo mês será sobre a delicada flor Wild Rose.
Valquiria Rita Geraldini
Terapeuta Floral
floraisesaude@ig.com

                                                                         

 


Texto do mês de fevereiro

Este mês vamos iniciar o Grupo da Falta de Interesse no Presente. Pertence a esse grupo os seguintes florais: Clematis, Honeysuckle, Wild Rose, Olive, White Chestnut, Mustard, Chestnut Bud. Começaremos pelo floral Clematis.
Clematis (Clematis vitalba) é uma trepadeira silvestre que floresce de julho a setembro. É chamada popularmente como "barba de velho" (old man's beard) e "alegria do viajante" (traveller's joy).
Auxilia àquelas pessoas que são sonhadoras, que vivem no futuro não conseguindo concretizar seus ideais.
Clematis vai trazer interesse vivo no mundo ao seu redor, concretizando os ideais e utilizando sua criatividade.
Em março falaremos sobre o floral Honeysuckle.
Valquiria Rita Geraldini
Terapeuta Floral
floraisesaude@ig.com.br

 

 

                                                                         

 



Texto do mês de janeiro

Hornbeam (Carpinus betulus) floresce de abril a maio. É uma árvore grande e forte que vai de 15 a 30 metros.

É indicado para todos aqueles que se sentem inseguros quanto à sua energia de realização de trabalho principalmente para aqueles que ao acordarem já duvidam se terão forças para o dia de trabalho.

Hornbeam vai trazer a força e a capacidade de enfrentar o dia de trabalho. A vitalidade e a energia para a rotina diária será restaurada.

Este mês completamos a descrição das essências florais do Grupo da Incerteza e Insegurança.

Em fevereiro vamos iniciar à descrição dos florais pertencentes ao Grupo da Falta de Interesse no Presente. Começaremos pelo Floral Clematis.

 

                                                                         

 

 

 




Texto do mês de dezembro


Wild Oat (Bromus ramosus) floresce de julho a agosto e é comumente encontrada em florestas úmidas, bosques cerrados e à beira de estradas.
É indicada para pessoas que não conhecem sua verdadeira vocação sentindo-se indecisas sobre qual direção seguir na vida e como consequência mostram-se insatisfeitas por não ter encontrado sua missão. Este floral é excelente para quando precisarmos escolher ou mudar de profissão.
Wild Oat irá proporcionar uma visão clara do caminho a ser seguido permitindo que a pessoa descubra e desenvolva o seu próprio potencial.
No próximo mês vamos falar do floral Hornbeam.
Valquiria Rita Geraldini
Terapeuta Floral
www.floraisesaude.hpg.ig.com.br
floraisesaude@ig.com.br

 

                                                                         

 

 

 




Texto do mês de novembro


Gorse (Ulex europaeus) floresce de fevereiro a junho atravessando o final do inverno já com flores.

É indicada para pessoas que estão tão desoladas que são invadidas por uma total desesperança desistindo de lutar. Alguns casos podem ocorrer com pessoas que estão sofrendo de doenças crônicas e que se submetem à inúmeros tratamentos sem sucesso. Muitas vezes para agradar aos demais tentarão novos tratamentos porém com a convicção de que nenhum funcionará.

Gorse relaciona-se à qualidade da alma ligada à esperança. Sendo assim ela irá proporcionar um grande senso de confiança e esperança que independe dos problemas e a certeza de que todo novo dia é uma nova oportunidade.

No mês de dezembro vamos falar sobre o floral Wild Oat.


Valquiria Rita Geraldini
Terapeuta Floral
www.floraisesaude.hpg.ig.com.br
floraisesaude@ig.com.br

                                                                         

 

 

 

 




Texto do mês OUTUBRO


Como citado no artigo do mês anterior, agora vamos falar sobre o floral Cerato que também é pertencente do grupo da incerteza e insegurança.
Cerato (Ceratostigma willmottiana) não cresce em forma silvestre na Inglaterra, sendo cultivada em jardins. Tem cerca de 60 cm de altura e suas flores medem aproximadamente 1 cm de comprimento. São colhidas nos meses agosto e setembro.
Cerato é indicado para todas as pessoas que não confiam nas suas decisões precisando pedir a opinião dos demais. Muitas vezes tais pessoas seguem erroneamente os conselhos dos outros por não ter confiança em si mesma.
Esse floral irá proporcionar a confiança nas próprias decisões e opiniões permitindo às pessoas seguí-las não necessitando mais consultar os demais.
Cerato relaciona-se à nossa intuição e nos remete à grande verdade que é dentro de nós mesmos e não no exterior onde encontramos todas as respostas que precisamos.
No proximo mês vamos falar sobre o floral Gorse.

 

                                                                         

 

 

 



Artigo do mês de setembro:


Floral de Bach
O Floral Gentian

Gentian (Gentianella amarella) cresce nos pastos altos e secos, rochedos e dunas. Suas flores surgem tardiamente entre o verão e o outono sendo colhidas entre os meses de agosto a outubro.
Gentian é indicada para as pessoas que se desanimam e se deprimem com facilidade quando as coisas saem erradas ou quando se deparam com dificuldades. É importante ressaltar que esse desânimo sempre possui uma causa que se possa identificar.
Gentian ajudará na construção da fé porém não de uma fé cega. Será possível ver as dificuldades sem se desesperar compreendendo que os obstáculos são oportunidades para aprender e que se fizermos o melhor que pudermos o êxito final será possível.
Em outubro falaremos sobre a essência floral Cerato.

Valquiria Rita Geraldini
Terapeuta floral
www.floraisesaude.hpg.ig.com.br
floraisesaude@ig.com.br

 

                                                                         

 

 

 



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                                                         

 

 

 

 


Texto do mês de agosto

No mês de agosto iniciaremos os artigos das essências florais pertencentes ao Grupo da Incerteza e Insegurança.A primeira essência a ser comentada será a Scleranthus (Scleranthus Annuus). É uma planta rasteira e totalmente verde inclusive suas flores que se apresentam em cachos e variam entre o tom de verde pálido a verde escuro. Sua floração se dá entre os meses julho e setembro.Scleranthus é indicada sempre que há qualquer tipo de desequilíbrios, dilemas ou indecisão entre duas alternativas. Outras indicações incluem a oscilação de humor ocorrendo mudanças repentinas de ânimo (riso/choro, amabilidade/revolta entre outras) e ênjoo em viagens provocados normalmente pela instabilidade do veículo que gera mal estar.O floral Scleranthus irá proporcionar equilíbrio interior promovendo também clareza e certeza diante das decisões.No mês de setembro o artigo será sobre a delicada Gentian, a flor da fé!

 

                                                                         

 

 

 

Texto do mês de julho

O artigo deste mês será sobre a essência floral Heather. Desta forma, concluímos o grupo da Solidão.
Heather (Calluna vulgaris) floresce nos meses de junho a setembro. Suas flores são cor de malva e cor de rosa, ocasionalmente podem ser brancas.
A indicação desta essência é para a preocupação exclusiva consigo mesmo apresentando uma obssessão por seus problemas e doenças não mostrando nenhum interesse nos problemas dos outros. Essas pessoas não gostam de ficar sozinhas porém são péssimas ouvintes apreciando mais falar acerca de si próprias apresentando também a tendência de exagerar seus sintomas e emoções (transformam montinhos em montanhas).
Heather relaciona-se com as qualidades da alma que se referem à disposição para ajudar e à empatia. Heather vai ajudar as pessoas a serem boas ouvintes, generosas e mais compreensivas com os problemas dos outros.
A partir do próximo mês abordaremos os florais pertencentes ao grupo da Incerteza e Insegurança.
Valquiria Rita Geraldini
Terapeuta Floral

floraisesaude@ig.com.br
www.floraisesaude.hpg.ig.com.br




 

                                                                         

 




 

 

 



TEXTO DO MÊS DE JUNHO

Texto do Mês de Junho O texto deste mês fala sobre a essência floral Impatiens também pertencente
ao grupo da Solidão.A Impatiens (Impatiens glandulifera) cresce em margens de rios e canais e em terras úmidas e
baixas. A cor de suas delicadas flores vai do carmesim ao avermelhado malváceo e surgem entre os meses julho e
setembro.Como o seu próprio nome sugere, a essência Impatiens é indicada para os estados de impaciência e
irritabilidade. No estado negativo desta essência, as pessoas mostram-se impacientes e irritadas para com os outros
principalmente com aqueles que se mostram mais lentos.Em geral, as pessoas do Tipo Impatiens tendem a ser rápidas
no agir e no pensar e acham difícil aguardar que as coisas sigam o seu curso. Freqüentemente preferem trabalhar
sozinhas para seguirem seu próprio ritmo.A essência floral Impatiens trará para as pessoas menos precipitação
e impaciência nos pensamentos e ações tornando-as mais solidárias com os que são mais lentos enfrentando ainda
problemas irritantes com mais diplomacia e calma.No mês de julho falaremos sobre a essência floral Heather.

Valquiria Rita Geraldini"
www.floraisesaude.hpg.ig.com.br

 

                                                                                                                             

 

 

 

 

 

 

TEXTO DO MÊS DE MAIO

 

A essência Water Violet.

            Neste mês retomaremos os artigos sobre florais. Desta vez, iremos recomeçar falando sobre as essências que o Dr. Edward Bach agrupou sob o título de grupo da Solidão. São elas: Water Violet, Impatiens e Heather.   

            Iniciaremos pela Water Violet ( Hottonia palustris ). Pertencente à família das primaveras, florescendo nos meses de maio e junho, suas pálidas flores lilás apresentam o seu centro amarelo.

            Podemos dizer que a natureza característica das pessoas que são do tipo Water Violet é muito positiva. Da mesma forma como a própria planta, são pessoas que se mantêm eretas, orgulhosas, serenas e confiantes em si, porém demonstram uma imagem de superioridade podendo transparecer aos demais como inacessíveis. Quando estão cansadas ou quando estão sofrendo, essas pessoas têm a tendência a se retrair, dando a impressão de serem frias e anti-sociais. Na realidade, elas não são, escondem o que sentem apenas para não incomodar.

            A essência floral Water Violet ajudará essas pessoas a compartilhar carinhosamente o seu amor e a sua sabedoria com os demais, doando e participando da vida, mantendo ainda a sua dignidade, calma e serenidade.

            A lição que a belíssima flor Water Violet nos deixa é que: “Se somos parte do mundo, nós precisamos dele e ele precisa de nós”.

No próximo mês falaremos sobre a essência floral Impatiens.

Valquiria Rita Geraldini

Terapeuta Floral

vrg@valsoft.trix.net

 

 

TEXTO DO MÊS

     Nos dois últimos textos falamos dos florais relativos a medos conhecidos (Mimulus), indefinidos (Aspen), pelos demais (Red Chestnut) e de perder a razão (Cherry Plum).

Discutiremos ,agora, a essência floral Rock Rose indicada para os que estão num estado extremamente agudo de medo, de terror, de pânico, este pequeno arbusto (Helianthemun nummularium) cresce em solos arenosos e suas flores , de um amarelo brilhante, abrem-se no verão na Inglaterra. 

 O estado negativo de Rock Rose pode surgir em momentos de crises ou situações excepcionais como acidentes, desastres naturais, assaltos, moléstias graves e / ou repentinas, pesadelos (principalmente em crianças), etc .Muitas vezes a situação externa não é tão grave mas, para a pessoa, internamente, é muito dramático.

 O estado de pânico ou terror pode levá-la a sair de si mesma diminuindo sua visão, sua audição e bloqueando sua fala. Pode haver uma mudança no ritmo cardíaco dando a sensação de que o coração vai parar de bater. Ocorre, ainda, uma excessiva transpiração. A energia das flores de Rock Rose converte o medo, o pânico em coragem do tipo heróica e em presença mental. Esta essência mobiliza forças internas que levam a pessoa a crescer além de si própria em momentos de emergência permitindo que faça coisas em benefício dos outros sem se preocupar com os possíveis riscos que possa sofrer.

Terapias alternativas que trabalham o ritmo respiratório e a proteção mental do plexo solar visualizando um escudo de luz sobre ele, podem auxiliar as pessoas que necessitam deste floral.  Rock Rose e Cherry Plum também fazem parte do composto Rescue do qual falaremos mais adiante.  No próximo texto analisaremos os diferentes estados de solidão e as essências que  se relacionam.

 

 

    A partir deste mês iniciaremos uma série de pequenos textos para que você possa conhecer Edward Bach,sua filosofia e as essências que desenvolveu. Edward Bach,homem e médico Florais-essências de flores de arbustos e árvores silvestres. Bach nasceu em 24 de setembro de 1886.Desde criança foi determinado,idealista,com grande capacidade de concentração e amor pela natureza.Graduou-se em Medicina e Saúde Pública entre 1912 e 1914.Trabalhou no University College Hospital e,como bacteriologista e patologista,no London Homeopathic Hospital onde veio a conhecer os trabalhos de Samuel Hahnemann sobre Homeopatia.Desde o início de sua carreira observou que a medicina convencional apresentava certas limitações por aliviar apenas os sintomas físicos das doenças. Bach acreditava na existência de uma relaçâo entre a personalidade da pessoa e a doença por ela desenvolvida.Assim,todo tratamento deveria atngir as causas(mentais.emocionais e espirituais) e não restringir-se somente aos sintomas.Tal tratamento seria possível através de um sistema de cura simples,fácil de ser compreendido e aplicado,que visasse a melhora do estado interior e,consequentemente,o fim do desequilíbrio físico.Este sistema seria acessível a todos,que poderiam usá-lo como auto-cura. Em 1930 deixou Londres,seu trabalho,seus pacientes e foi para o campo em busca dos medicamentos florais.Durante os próximos seis anos andou por vários lugares da Inglaterra e encontrou as 38 essências florais as quais preparava e usava no atendimento gratuito.Divulgou seu trabalho através de palestras,livros e da distribuição das essências å seus colegas médicos em várias cidades da Europa.Assim,os florais têm sido usados em diversos países do mundo todo há 60 anos permitindo que muitas pessoas usufruam de seus benefícios. Edward Bach faleceu em 27 de novembro de 1936 em Mount Vernon,sua casa em Sotwell,Inglaterra,desde 1934. 

Citaçöes do Dr.Bach para reflexão "É essencial compreender que o homem tem dois aspectos:um espiritual e um físico e que,dos dois, o físico é infinitamente menos importante."(jornal Homeopathic World,1930) "A doença,embora aparentemente cruel,nos ajuda a aprender lições que precisamos saber.A doença não é uma punição.Tem a finalidade de nos dar uma lição e nunca será erradicada até que a lição seja aprendida.Seu objetivo é trazer de volta o estado original de harmonia entre a personalidade e a alma."(Heal Thyself)

Maria do Carmo C.Ortega

Mount Vernon-Casa onde Bach morava e hoje é The Bach Centre  Mount Vernon LTDA.(Inglaterra)* Autorizado pelo The Bach Centre.

    Dando continuidade ao texto de julho,neste mês você conhecerá um pouco da filosofia do Dr.E.Bach que o levou a desenvolver as 38 essências florais na década de 30 do século XX, na Inglaterrra. Durante sua vida,Bach esteve voltado para dois grandes interesses:uma compaixão por todos os que sofrem tanto seres humanos como outros animais,e seu amor pela Natureza representada por todos os tipos de plantas.A combinação destes interesses levaram-no ao conhecimento da cura que ele buscava não só para os que sofrem com para os que estão doentes. Para ele,o verdadeiro estudo da doença estava em assistir cada paciente,o modo pelo qual cada um era afetado por ela e como as diferentes reações influenciavam o desenrolar,a severidade e a duração dessa doença. "A personalidade do indivíduo é até mesmo mais importante do que o corpo no tratamento de sua doença."(E.Bach) "A doença é o resultado de um conflito que surge quando a sua personalidade se recusa a obedecer os ditames da alma e há desarmonia entre o Eu Espiritual(Superior) e a personalidade inferior,que é como nos conhecemos."(E.Bach) "A cura é um processo de auto-conhecimento e de descoberta do porquê de estarmos enfermos(físico, emocional, mental e espiritual), qual a causa do desequilíbrio."(E.Bach) Assim, para o Dr. Bach, é a própria doença que está curando a doença porque ela é uma consequência de atividades errôneas tanto na ação, nas atitudes como nos pensamentos. Leitura recomendada: "Os remédios florais de Dr.Bach" incluindo o "Cura-te a ti mesmo" autor: Dr. Edward Bach Editora Pensamento

Maria do Carmo C. Ortega

Florais de Bach- ação e grupos "A ação desses remédios é elevar nossas vibrações e abrir canais para a recepção de nosso Eu espiritual, inundando nossas naturezas com aquela virtude que necessitamos para eliminar a falha que está causando a desarmonia."(Dr.E.Bach) As essências florais atuam nas diferentes condições emocionais e mentais tratando o indivíduo(doente) e não a doença(sintomas) através da transformação de atitudes negativas em atitudes positivas. Assim, medo, cansaço e insegurança seriam transformados em coragem, vitalidade e confiança .Permitem que cada pessoa desenvolva sua capacidade de auto-cura por levá-la a se observar melhor e a perceber as mudanças em seu estado emocional ou mental. Por agirem diretamente nestes estados,as assências previnem maiores sintomas tratando os desequilíbrios antes mesmo de surgir a doença. Os remédios de Bach não produzem efeitos colaterais e não interagem com outros medicamentos podendo ser usados por pessoas em tratamento alopático ou homeopático em qualquer idade, de bebês até idosos. Também não causam dependência. Finalmente, é importante lembrar que os florais não substituem o tratamento médico. No início da década de 30 do século passado, Dr.E.Bach desenvolveu 37 essências de flores de arbustos e árvores silvestres,1 essência de água de fonte com propriedades curativas e 1 combinação de 5 essências para estados emergenciais .

As 38 foram agrupadas em 7 grupos: medo, solidão, hipersensibilidade, desespero, insegurança,cuidado excessivo com os outros e falta de interesse pelo presente. No próximo mês iniciaremos a descrição de cada uma destas essências.

REFLETINDO E REPETINDO As frases a seguir relacionam-se com alguns Florais de Bach. Se uma delas tocou seu coração ,escolha uma hora tranqüila e repita-a uma vez. Faça isso em intervalos regulares na semana ou no mês. "Eu entrego o controle à sabedoria do meu Eu espiritual." "Eu aceito os desafios da vida como oportunidade para crescer." "Eu sou mais que minha personalidade e meu corpo." "Eu mantenho minha própria individualidade psíquica."

Maria do Carmo  C. Ortega  

  Mimulus             Aspen

"O medo por seu efeito depressivo sobre nossa mente, causa desarmonia entre os corpos físico e magnético, preparando o terreno para a invasão de qualquer agente nocivo ao nosso organismo, ele aumenta a suscetibilidade negativa às doenças"

(E.Bach)

Medos conhecidos, indefinidos, pelos demais, de perder a razão e até o pânico, o terror.

Dr.Bach desenvolveu cinco essências para os que sentem algum tipo de medo.

A 1.ª foi extraída das grandes flores amarelas do Mimulus guttatus , planta de até 30 cm de altura que cresce à beira de riachos e em lugares úmidos em várias regiões da Inglaterra.

Pessoas no estado negativo de Mimulus têm medos concretos, conhecidos, do dia a dia como de doenças, dor, acidente s, escuridão, pobreza, solidão, injeção, animais, etc. Geralmente são muito sensíveis a ruídos, frio, agressão e atitudes rudes. Fisicamente, na presença de outros, podem desenvolver gagueira, ficar ruborizadas ou sentir um entalo na garganta. Tudo isso também causa muita ansiedade.

Se você se identifica com esta descrição, a essência Mimulus lhe trará coragem e confiança para enfrentar o mundo lidando melhor com a ansiedade e aprendendo a viver com sua própria sensibilidade. Como medida de apoio, você poderá criar um espaço onde se sinta bem e possa retirar-se para recuperar suas energias ou, ainda, mentalizar frases como "confio no meu guia interior" ou "sinto força e coragem interior."

Uma 2.ª essência relacionada ao medo é Aspen (Populus tremula) também conhecida como Álamo ou Choupo. É uma árvore de, em média, 15 m que cresce em bosques úmidos, às margens de rios e gosta de lugares frios.

Aqui os medos são vagos, inexplicáveis, desconhecidos. Pesadelos com despertar em pânico, maus pressentimentos acompanhados de tremores, arrepios e suores, grande ansiedade são características daqueles que necessitam de Aspen. Estas pessoas parecem ter uma "antena inconsciente" percebendo conflitos em desenvolvimento e correntes psíquicas dos outros. Por isso, podem sentir-se muito mal com a atmosfera anergética do ambiente de trabalho, de uma festa, de um ônibus cheio, enfim, com as ameaças que pairam no ar. Tais medos não podem ser definidos.

Com esta essência a apreensão e o medo diminuem pelo aumento da coragem e da segurança permitindo enfrentar o novo, o desconhecido o que leva a uma sensibilidade consciente, paz e harmonia interior. Atividades ligadas à terra como jardinagem, cerâmica ou, ainda, cozinhar podem auxiliar as pessoas Aspen.

Leitura recomendada: Ziemer, Robert. Do medo à confiança, como realizar seu projeto de vida. São Paulo, Editora Gente, 2000

Maria do Carmo Ortega

e-mail:biocarmo@hotmail.com